close-up-implant-model-tooth-support-fix

IMPLANTES DENTAIS

IMPLANTE

OSSEOINTEGRADO

Os implantes são substitutos das raízes naturais dos dentes perdidos. Têm a forma de parafusos ou cilindros de titânio e, quando instalados, integram-se ao osso resultando em uma estrutura sólida e uniforme, servindo como suporte para próteses de um ou vários dentes perdidos, recuperando a função mastigatória e estética com ótimos resultados.

Pacientes que perderam um ou mais dentes, ou estão com dentes comprometidos, com trincas ou fraturas de raiz, podem realizar a instalação de um ou vários implantes com instalação dos dentes ou prótese imediata em até 48 hs após a cirurgia de colocação dos implantes. Esta opção esta indicada somente se o planejamento clínico e radiográfico permitir.

estrutura implante-01.jpg

Quem pode utilizar-se de tratamentos com implantes?

Atualmente é possível afirmar que praticamente todas as pessoas acima de 18 anos, que perderam ou estão em vias de perder um ou mais dentes podem receber tratamento com implantes. Os tratamentos vão desde a substituição de um só dente até a confecção de próteses completas para os pacientes.

CASOS

CLÍNICOS

Clique nas fotos e veja alguns

Casos Clínicos de Implantes UNITÁRIOS:

Caso Clínico Unitário - Anterior

Caso Clínico Unitário - Posterior

Caso Clínico Unitário - Posterior

A colocação dos implantes de titânio garante a excelente fixação da Prótese Dentária Parcial ou Unitária. Mesmo sendo um corpo estranho ao organismo, o titânio não provoca rejeição. Pelo contrário, é um material que com o tempo, acaba sendo incorporado definitivamente à base óssea. O titânio consegue atrair o elemento cálcio para sua estrutura, fazendo com que o osso e metal se integrem totalmente. O processo é chamado de "osseointegração" e garante que a superfície de titânio fique firme e resistente.

CASOS

CLÍNICOS

Clique nas fotos e veja alguns

Casos Clínicos de Implantes PARCIAIS:

Caso Clínico Parcial 1

Caso Clínico Parcial 2

Caso Clínico Parcial 3

Caso Clínico Parcial 4

O Implante Múltiplo, também conhecido como implante de protocolo fixo ou protocolo de Bränemark, é uma técnica de implante que permite a substituição de todos os dentes da arcada de forma eficiente e definitiva, restaurando a capacidade mastigatória e melhorando a estética do sorriso.
 

Este é um tipo de tratamento que promove a reabilitação oral completa de pacientes que perderam todos os dentes da arcada e sofrem com reabsorção óssea.

O Protocolo de Branemark é indicado quando o paciente tem uma perda óssea extensa não sendo possível instalar um implante (parafuso de titânio fixado no osso) para cada dente perdido, sendo necessário fixar várias coroas unidas sobre um mesmo implante.

No protocolo, são instalados seis implantes, que servem de sustentação para uma prótese fixa com cerca de 12 coroas unidas. Estas coroas são apoiadas sobre uma barra metálica de forma a garantir estabilidade na fixação sobre os implantes.

CASOS

CLÍNICOS

Clique nas fotos e veja alguns

Casos Clínicos de Implantes PROTOCOLO:

Caso Clínico Protocolo 1

Caso Clínico Protocolo 2

A perda dos dentes afeta grande parte da população adulta. O uso de próteses móveis podem causar dores e desconforto. O IMPLANTE ZIGOMÁTICO é um implante de titânio fixado no osso Zigomático (maçã do rosto) por um acesso intrabucal.

 

Ele é indicado para pessoas que usam dentaduras ou próteses móveis que com o passar do tempo apresentam uma grande reabsorção (perda óssea). Elimina a necessidade de enxerto ósseo.

Caso Clínico Zigomático

CASOS

CLÍNICOS

Clique nas fotos e veja alguns

Casos Clínicos de Implantes Zigmáticos:

A Sobredentadura é um tipo de prótese removível e total. Indicada para pacientes que perderam todos os dentes. Quando comparada à dentadura, prótese protocolo ou a prótese fixa, a prótese overdenture tem algumas vantagens.

No caso da dentadura, por exemplo, a prótese sobredentadura é mais segura e mais estável e fica fixada em barras e clipes que são instalados na arcada do paciente. Elas são mais estáveis e garantem mais conforto ao paciente. Principalmente no caso de pacientes idosos por promover menos cortes e dores nas gengivas que são comuns para quem usa dentadura.

Quando comparada à prótese protocolo, as vantagens da sobredentadura dizem respeito a colocação de menos pinos para a sustentação da prótese, esse tipo de tratamento costuma ser menos invasivo ao paciente e mais acessível.

Com relação à prótese fixa, a sobredentadura é mais fácil de ser higienizada, minimizando as chances de infecção e problemas na gengiva causados pela placa bacteriana e restos de alimentos que se acumulam entre a prótese e a gengiva.

CASOS

CLÍNICOS

Clique nas fotos e veja alguns

Casos Clínicos de Implantes Sobredentadura:

Caso Clínico Sobredentadura